Há 6 meses quando fui para Curitiba ouvi falar de Ponta Grossa e desde então veio a vontade de conhecê-la. Localizada a 103 km da capital Curitiba na região dos Campos Gerais paranaenses, a cidade possui atrativos naturais que fazem com que a região seja muito procurada pelos turistas.

Fomos no verão, em janeiro de 2019, estava bem quente excelente opção para quem curte refrescar-se nas águas geladas das cachoeiras ou apenas admira-las como eu.

Ao fazer as malas é importante não esquecer o maiô, biquíni, sunga, protetor solar, boné, tênis fácil de secar e que não escorregue (bom levar um reserva para sair a noite, é possível que o seu esteja molhado ou sujo de barro), toalhas, roupas confortáveis para caminhada e o repelente, a quantidade de pernilongos e borrachudos na região é muito grande (eu sou alérgica a insetos então levei meu antialérgico que foi muito útil) . Passamos 10 dias viajando explorando o Paraná e não pegamos nenhum dia de frio, porém mesmo no verão frentes frias podem aparecer, então é bom levar pelo menos um agasalho.

Apesar dos quilômetros em estrada de terra, fomos a todos os pontos turísticos escolhidos por mim com nosso carro 1.0 tranquilo sem guia de turismo. As estradas estão em boas condições.

Mesmo janeiro sendo época de férias escolares a cidade não estava muito cheia na sexta feira quando chegamos, no sábado e domingo tinha um pouco mais de turistas, mas ainda assim não estava lotada.

Saímos de São Paulo no dia 25 de janeiro de 2019 as 03:00 h da manhã para conseguirmos aproveitar parte do dia em Ponta Grossa. Saindo de São Paulo há dois caminhos mais curtos, pela rodovia Castelo Branco 540 km ou pela rodovia Régis Bittencourt 586 km, acreditem apesar de maior quilometragem aconselho irem pela rodovia Régis Bittencourt, além de pista duplicada quase não tem pedágios. Escolhemos ir pela rodovia Castelo Branco e voltamos pela rodovia Régis Bittencourt porque eu queria parar no Lago Verde em Pirai do Sul, PR. Até o Lago Verde foram 480 km, teríamos levado umas 6:30 h se não tivéssemos parados uns 30 minutos para o café da manhã. De Pirai do Sul até Ponta Grossa levamos 1:20 em 70 km.

No centro de Ponta Grossa há Shopping e diversas opções de restaurantes e lanchonetes. Encontramos também algumas opções na Av. Carlos Cavalcanti onde ficamos hospedados.

Nas 48 h na cidade só não conseguimos ir ao Balneário Capão da Onça, localizado na Rodovia do Talco. O valor da entrada é R$ 15,00 e seus atrativos são cachoeiras, corredeiras e piscinas naturais formadas ao longo do Rio Verde. Sinceramente se tivéssemos tido maiores informações sobre o Cânion e Cachoeira São Jorge teríamos trocado um pelo outro… Fica para a próxima visita a Ponta Grossa, adoramos a cidade.

 

Pontos Turísticos escolhidos por ordem de visitação

  1. Lago Verde – Pirai do Sul
  2. Florenal Zero Horas Churrascaria
  3. Parque Nacional dos Campos Gerais – Buraco do padre, Favo e Fenda da Freira
  4. Parque Estadual de Vila Velha
  5. Costela de Chão Churrascaria
  6. Cachoeira e Cânion São Jorge
  7. Pátio Bella Vista Hamburgueria
  8. Cachoeira da Mariquinha

 

Lago Verde – Pirai do Sul

A aproximadamente 8 km da cidade Pirai do Sul pela PR-151, não localizei o endereço, porém o GPS localiza facilmente. É bem perto da Celulose Papel, cerca de uns 3 km. Quando fomos estava fechado para visitação, não sabemos se está fechado permanentemente ou apenas naquele momento.

Do lado de fora havia outras pessoas tirando fotos como nós e segundo comentários no local o lago se formou com a retirada de pedras e sua coloração é verde devido a sua grande profundidade de até 25 metros.

Se tivéssemos entrado com certeza seria um atrativo imperdível, pois a vista do lado de fora é bastante limitada.

 

 

 

Florenal Zero Horas Churrascaria

Endereço: Av. General Carlos Cavalcanti 3586, Uvaranas, Ponta Grossa, PR.

Horário: De terça a domingo as 10:00 a 00:00 h.

Há opção de buffet a vontade com ou sem churrasco ou espeto na mesa. Restaurante simples, com comida gostosa.

 

Parque Nacional dos Campos Gerais

Endereço: Rodovia Do Talco Km 14, Parque Nacional dos Campos Gerais, Itaiacoca, Ponta Grossa, PR. Telefone: (42) 3220-2677 e 3220-2666.

Horário:  De quinta a Domingo das 09:00 as 17:00 h, saída obrigatória até as 19:00 h. De Novembro de 2018 até março de 2019 está funcionando todos os dias neste mesmo horário.

Está a aproximadamente 24 km de Ponta Grossa, no caminho há um lindo corredor de eucaliptos que vale a pena parar para tirar uma foto. É um dos principais atrativos de Ponta Grossa, nele estão os atrativos Buraco do Padre, Favo e a Fenda da Freira. O parque é administrado pela empresa Águia Florestal que cobra pela entrada R$ 20,00 adulto e R$ 10,00 criança, incluso um mapa do parque. No parque há estacionamento, banheiros, churrasqueiras e lanchonete. Na portaria tivemos a informação de que aos finais de semana o Parque fica bem cheio.

50863674_1967393680043138_1261607717911396352_n
Indo para o Parque Nacional dos Campos Gerais.

 

 

Parquinho ao lado da lanchonete.

 

 

Trilha para o Buraco do Padre

 

Buraco do Padre

O Buraco do Padre é uma furna formada ao longo dos anos pela ação das águas nas rochas que possui uma linda cachoeira com mais de 30 metros que despenca em meio aos belos paredões de pedra criando um cenário perfeito.  A trilha de aproximadamente 1 km tem grande parte em passarela de madeira o que a torna acessível para qualquer pessoa inclusive cadeirante, ela é bem fácil. No interior da furna, na base  da cachoeira há uma prainha onde é possível banhar-se, inclusive as crianças. Passeio imperdível.

O melhor horário para visita-lo é de 12:00 até as 14:00 h pois a claridade do sol entra na maior parte da furna e fica mais claro e mais bonito para fotografar.

Antigamente os padres jesuítas utilizavam o interior da furna para meditar dai o nome Buraco do Padre.

 

 

 

Favo

É uma rocha onde é possível praticar escalada e admirar a bela vista panorâmica dos Campos Gerais, fica no caminho para a Fenda da Freira. Para chegar a Fenda da Freira,  ao chegar ao Favo seguir a trilha a direita. Também é possível ver o Buraco do Padre da parte de cima, neste caso ao chegar ao Favo pegar a trilha da esquerda. Vale ressaltar que a trilha exige um pouco mais e não é recomendada para crianças, fomos até bem próximo e desistimos devido o nível alto de dificuldade. Caso cheguem até a parte de cima do buraco conseguiram banhar-se no rio que forma a cachoeira, importante redobrar o cuidado.

 

 

 

Fenda da Freira

É um deslocamento de rocha arenito com aproximadamente 3 metros de largura e 30 metros de altura, no fim da trilha do Favo. A trilha tem aproximadamente 1,2 km, inicia-se mais ou menos na metade da trilha que dá acesso a cachoeira Buraco do Padre, assim que passa o Favo continue a direita para encontra-la. Ela é  íngreme, com alguns trechos em pedras escorregadias, fomos com nosso filho de 7 anos, podemos considerar nível médio de dificuldade.

Ao final da trilha avistamos a Fenda da Freira, porém precisaríamos descrer pelas raízes e rochas estreitas então decidimos apenas vê-la sem chegar muito perto mesmo. Para quem chega nela é possível entrar, porém é bem escura.

 

Parque Estadual de Vila Velha

Endereço: Rodovia BR-376 Km 515 S/N, Jardim Vila Velha, Ponta Grossa – PR. Telefones: (42) 984172323 Rita ou (42) 99943.0582 Murici das 13:30 as 17:30 h.

Horário: De quarta a segunda 08:30 as 15:30 h. Saída obrigatória até as 17:30 h. Fechado às terças-feiras para manutenção. Ao atingir a capacidade máxima de 800 pessoas por dia o Parque fecha, por este motivo é aconselhável visita-lo de manhã. Para grupos acima de 15 pessoas é necessário agendamento com 10 dias de antecedência pelo email pevilavelha@iap.pr.gov.br e contratar guia pelo email agendamentongtur@gmail.com.

O valor do ingresso é de R$ 28,00, sendo R$ 10,00 o ingresso dos Arenitos, R$ 8,00 o ingresso das Furnas I e II e Lagoa Dourada e R$10,00 a taxa do guia (pagamento apenas em dinheiro, as outras duas podem ser pagas no cartão). Crianças acima de 6 anos pagam a taxa do guia integral R$10,00, 5,00 o ingresso dos Arenitos e R$ 4,00 o ingresso das Furnas e Lagoa Dourada.

Localizado a 20 km do centro de Ponta Grossa, o Parque Estadual de Vila Velha administrado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) é um dos principais atrativo de ponta Grossa. Foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e tombado como patrimônio histórico em 1966, sua área é de mais de três mil hectares.

No Parque há um centro de visitantes, banheiros, lanchonete, estacionamento, loja de souveniers e suas três atrações naturais: Arenitos – formações rochosas, Furnas – grandes poços com vegetação exuberante e água no interior, que serve de abrigo para muitos animais principalmente pássaros e Lagoa Dourada – lagoa que suas águas ficam douradas quando reflete a luz do sol (segundo o guia que nos acompanhou, por volta do meio dia).

Os passeios iniciam-se com um ônibus que sai do centro de visitantes para as três atrações, os ônibus para as furnas e Lagoa dourada saem em menos quantidade em horários específicos. As 3 trilhas são fáceis e preparadas para receber pessoas com mobilidade reduzida. A visita aos atrativos só é possível acompanhada por um guia, o parque está bem conservado e limpo.

Há algumas atrações especiais como a Trilha da Fortaleza, a Caminhada Noturna e o Cicloturismo, os valores, datas e horários devem ser verificados pelo email agendamento.trilhas.pevv@gmail.com ou pelo whatsapp (42) 99955-3503.

A Furna I tem 111 metros de profundidade, com aproximadamente 80 metros de diâmetro, mais de 50 em baixo da água. A Furna II possui 110 metros de profundidade e 150 metros de diâmetro. A trilha total para as duas furnas tem aproximadamente 700 m.

 

 

Furna I

 

 

Furna II

A trilha para lagoa dourada tem aproximadamente 400 m.

 

 

Lagoa Dourada

A visita aos arenitos é dividida em duas partes, a primeira totalmente preparada para receber pessoas com mobilidade reduzida. Ao final da primeira parte é possível estende-la e passar por  trás dos arenitos, nesta segunda parte há bastante vegetação e degraus. No total são aproximadamente 2,7 km. Gostamos de todos os três atrativos, porém os arenitos são mais que perfeitos, rendem lindas fotos.

 

 

 

 

 

 

Arenitos

 

 

Segunda Parte trilha dos Arenitos

 

Costela de Chão Churrascaria

Endereço: Av. Newton Slaveiro 521, Cara-Cara, Ponta Grossa, PR. Telefone: (42) 3243-1006.

Horário: De segunda a sábado das 11:00 as 14:30 h e domingo das 11:00 as 15:30 h.

Boa opção para almoço servem costela de chão assada na brasa e acompanhamentos a vontade por R$ 40,00. Na frente, próximo ao estacionamento há algumas redes, meu filho adorou.

 

 

 

Cachoeira e Canion São Jorge

Endereço: Rodovia Ariquenes Carlos Gobo S/N, Zona Rural, Ponta Grossa, PR.  Telefones: (42) 3226-3731, (42) 9961-9894 e (42) 99934-1911.

Horário: Todos os dias das 09:00 as 21:00 h.

Localizado a 15 km do centro de Ponta Grossa, oferece infraestrutura para passar o dia ou acampar, há local para banho, restaurante, área para camping, estacionamento, o rio onde é possível banhar-se e uma cachoeira com uns 20 metros de altura que cai por um cânion coberto por vegetação. Fomos num sábado, nos finais de semana fica muito cheio e se você como eu não gosta de aglomeração evite estas datas. O valor da entrada é R$ 15,00 e R$ 35,00 para acampar. Tanto na entrada como no restaurante não aceitam cartões.

O acesso até o rio é fácil, andamos sem dificuldade até a parte alta da cachoeira, eu consegui vê-la com muito custo, praticamente deitada em cima de uma rocha, infelizmente meu filho não conseguiu (fiquei com medo que ele caísse). A trilha até o pé da cachoeira é difícil e escorregadia, não sei se é sempre assim ou apenas porque tinha chovido na noite anterior, ao olharmos de cima vimos apenas um casal na parte baixa. Falta manutenção, uns degraus na trilha que ajudariam bastante e um mirante na parte alta para que pessoas com mobilidade reduzida possam vê-la. Julgando pela dificuldade e não pela beleza, acredito que teríamos aproveitado mais se tivéssemos ido ao Balneário Capão da Onça.

 

 

 

Pátio Bella Vista Hamburgueria

Endereço: Av. General Carlos Cavalcanti 2879, Uvaranas, Ponta Grossa, PR. Telefone: (42) 3323-9293.

Horário: De segunda a quinta das 18:00 as 23:00 h, sexta e sábado das 18:00 a 00:00 h.

Ótima opção para quem gosta de lanches assim como eu, várias opções de hambúrgueres artesanais com ou sem batatas fritas. Muito gostosos, recomendo.

50601025_1969049236544249_8700461241740558336_n

 

Cachoeira da Mariquinha

Endereço: PR-513 S/N, Ponta Grossa, PR. O acesso se dá pela Rodovia do Talco. Telefone: (42) 99992-7579.

Horário: Todos os dias das 08:00 as 20:00 h.

A Cachoeira da Mariquinha está localizada a aproximadamente 30 km do centro da cidade. O valor da entrada é R$ 10,00 e para acampar R$ 20,00. A trilha para chegar à cachoeira é fácil e tem aproximadamente 600 m. No local tem lanchonete, estacionamento, banheiro, área para camping e rapel.

A cachoeira é muito bonita, com uma queda de aproximadamente 30 metros de altura em meio a paredões de rocha, ao seu pé forma uma praia a sua volta ideal para as crianças brincarem. Fomos num domingo cedo enquanto estávamos lá não estava tão cheio, porém quando estávamos saindo chegou um ônibus lotado.

 

 

Estrada indo para a cachoeira

 

 

 

Uma boa opção de restaurante é a Estrela de Prata Churrascaria, endereço: Av. Pres. Kennedy 9900, Colônia Dona Luiza, Ponta Grossa, PR. Telefone: (42) 3229-5000. Horário: de terça a sábado das 08:00 a 00:00 h e de domingo e segunda das 08:00 as 16:00 h. Self service com ou sem rodízio de churrasco. Não a visitamos em nossa estadia em Ponta Grossa, porém paramos para almoçar quando fomos de Guamiranga para Curitiba em 30/01/19. Gostamos. 

Anúncios

Publicado por euamoviajarnaoimportaodestino

Eu sou Lorena, adoro viajar em família para descobrir novos destinos.... Não por acaso, sou autora do blog Eu amo Viajar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: