Destaque

Curitiba e Morretes em 3 dias

O que escrever sobre Curitiba?

Uma cidade linda, limpa, bem jardinada, ótima opção para o turista. O mais interessante é que a maioria dos pontos turísticos são gratuitos e estão em excelente estado de conservação. Encontrei alguns pontos turísticos e deles separei os que julguei mais legais para visita-los em 3 dias. A divisão dos pontos turísticos ficou perfeita pois conseguirmos curtir bem cada um deles. Separei pela proximidade para facilitar o trajeto.

Saímos de São Paulo no dia 10/07/18 as 03:00 h para conseguimos aproveitar bem o dia em Curitiba, foram 438 km em aproximadamente 7:30 h contando a parada para o café da manhã na estrada. A BR-116 é encantadora já faz parte da atração, vale a pena andar com a câmara na mão para não perder nenhum detalhe da estrada.

 

Pontos Turísticos escolhidos por ordem de visitação

  1. Jardim Botânico de Curitiba 10/07
  2. Ópera de Arame 10/07
  3. Parque Tanguá 10/07
  4. Parque Tingui 10/07
  5. Portal Santa Felicidade 10/07
  6. Vincula Durigan 10/07
  7. Chocolates Florybal 10/07
  8. Quermesse Petiscos e Comida Caseira 10/07
  9. Bosque do Alemão 11/07
  10. Torre Panorâmica 11/07
  11. Passeio Público 11/07
  12. Cervejaria Way Beer 11/07 as 17 h
  13. Arsenal Burgers 11/07
  14. Passeio de Trem por do sol 12/07
  15. Café Bar e Restaurante Beira Rio 12/07

 

Jardim Botânico de Curitiba

Endereço: Rua Eng°. Ostoja Roguski, Curitiba, PR. Telefone: (41) 3264-6994. Entrada gratuita.

Horário: De segunda a sexta das 09:30 as 11:45 h e das 13:00 as 17:00 h, sábado e domingo das 09:00 as 18:00 h.

Confesso que estava com receio de ir ao Jardim Botânico em pleno inverno mas o que vimos foi maravilhoso.

20180710_10371020180710_103950

Todo jardinado, flores lindas de várias espécies e cores chamam atenção de qualquer pessoa, meu filho de 7 anos ficou encantado com a perfeição da natureza.

20180710_12563720180710_10575220180710_22101320180711_02504220180710_104422

 

Opera de Arame

Endereço: Rua João Gava 970, Abranches, Curitiba, PR. Telefones: (41) 82130-010 e (41) 3354-4482. Visitação externa gratuita, no dia que fomos não tinha espetáculo.

Horário: Todos os dia das 10:00 as 19:00 h.

Lindo teatro no lago com estrutura de ferro que me rendeu lindas fotos, no local tem restaurante e lanchonete no local. Na frente e ao lado do teatro há varias lojinhas que vendem lembrancinhas da cidade e doces.

20180710_13175220180710_13203620180710_132540

 

Parque Tanguá

Rua Oswaldo Maciel S/N, Pilarzinho, Curitiba, PR. Entrada gratuita.

Horário: Parque todos os dias das 08:00 as 18:00 h e Bistrô todos os dias das 09:00 as 21:00 h.

Lindo parque, nele há um mirante com uma bela vista do bairro, construído no lugar de um antigo complexo de pedreiras desativadas há uma cachoeira artificial e uma lanchonete e restaurante com vista para o lago. Excelente para descansar, meditar, correr ou fazer caminhada. O dia que fomos estava nublado, então voltamos rapidamente no dia seguinte para vê-lo num dia de sol…

Entrada do Parque

20180711_104221

 

Vista do Mirante

 

Vista do Lago

20180714_194505

 

Parque Tingui

Endereço: Entre as ruas Fredolin Wolf e José Valle, São João, Curitiba, PR. Telefone: (41) 3350-9630 – Entrada gratuita.

Horário: Parque todos os dias das 09:00 as 18:00 h, Loja de artesanato e Lanchonete de terça a domingo das 14:30 as 18:00 h.

O nome do parque é uma homenagem aos índios tinguis que habitavam a região. Ele dispõe de lago, pontes de madeira, parque infantil, banheiro, uma lanchonete, loja de artesanatos, ciclovia e bastante área verde e o Memorial Ucraniano, onde está implantada a réplica de uma igreja ucraniana onde são realizados eventos e exposições.

20180710_151830

 

 

Santa Felicidade

Neste bairro há varias lojas, restaurantes e vinícolas.

sem-tc3adtulo-2-cc3b3pia.jpg

Vinícola Durigan

Endereço: Rua Manoel Ribas 6169 e 5455, Santa Felicidade, Curitiba, PR. Telefone: (41) 3372-2312.

Horário: Todos os dias das 08:00 as 22:00 h.

Nos dois endereços acima funcionam lojas com grandes variedades de vinhos, massas, doces, crostinis, patês e queijos. Vale a pena conhecer as duas, apesar de terem a venda praticamente os mesmos produtos a degustação gratuita são de produtos diferentes. Compramos vinhos na primeira e os petiscos na segunda, ótima opção para degustar a noite no Hotel.

 

Chocolates Florybal

Endereço: Av. Manoel Ribas 5480, Santa Felicidade, Curitiba, PR. Telefone: (41) 3366-6800.

Horário: Todos os dias das 08:00 as 22:00 h.

Vendem uma grande variedade de trufas, barras, bombons, sorvete e chocolate quente. As crianças já se encantam com o parquinho da entrada da loja, imagina quando entram…

 

 

Quermesse Petiscos e Comida Caseira

Endereço: Rua Carlos Pioli 513, Bom Retiro, Curitiba, PR. Telefone: (41) 3026-6676.

Horário: De terça a sexta das 17:00 a 01:00 h, sábado e domingo das 12:00 a 01:00 h.

Barzinho bem decorado, ambiente tranquilo e petisco gostoso. Escolhemos o Mignon Chic, iscas de filé mignon na manteiga servidas com pão italiano recheado de creme de queijo e especiarias. Recomendo.

 

Bosque Alemão

Endereço: Rua Francisco Schaffer S/N, Vista Alegre, Curiba, PR. Telefone: (41) 3568-1087. Entrada gratuita.

Horário: Bosque todos os dias das 08:00 as 18:00 h e a Casa da Bruxa das 09:00 as 17:00 h, o conto acontece nos finais de semana as 11:00, 14:00 e 16:00 h.

Um bosque bem arborizado e jardinado, em seu trajeto tem a estória de João e Maria em trechos e no fim a casa da bruxa.

20180711_095643

 

Torre Panorâmica

Endereço: Prof. Lycio Grein de Castro Vellozo 191, Mercês, Curitiba, PR. Telefone: (41) 3339-7613. Entrada R$ 6,00 adulto e R$ 3,00 criança.

Horário: Todos os dias das 10:00 as 18:00 h.

É administrada em conjunto pela empresa de telefonia Oi e o Instituto  Municipal de Turismo, está no ponto mais alto de Curitiba permitindo uma visão da cidade em 360 graus. Sua altura é de 109,5 metros ficando numa altitude 1.050 metros do nível do mar.  Além da torre panorâmica, também funciona o Museu do Telefone.

 

Passeio Público

Endereço: Rua Carlos Cavalcanti X Av. João Gualberto X Rua Presidente Faria. Entrada Gratuita.

Horário: De terça a domingo das 06:00 as 20:00 h.

Parque ideal para crianças com brinquedos e vários animais como tucanos, araras, papagaios, urubus e outros.

 

 

Cervejaria Way Beer

Endereço: Rua Pérola 331, Pinhais, PR. Telefone (41) 3653-8853. Visitação R$ 20,00 por pessoa e ganha um copo.

A visitação dura em torno de 1 h e abrange a história da Way Beer e seu processo de fabricação, no final da visita na loja pode-se consumir três copos de chopes dentre os 12 sabores disponíveis. Necessário agendamento por telefone.

A funcionária que nos atendeu foi super atenciosa, meu esposo adorou o chopp, trouxemos algumas garrafas para casa.

 

Arsenal Burgers

Endereço: Rua Professor João Soares Barcelos 1176, Hauer, Curitiba, PR. Telefone: (41) 3328-1966.

Horário: De terça a domingo das 18:00 as 23:30 h.

Hambúrgueres artesanais bem saborosos, ambiente bem tranquilo, escolhemos o Arsenal Basic com hambúrguer extra e batata frita. Recomendo.

 

Passeio de Trem por do sol  Curitiba-Morretes-Curitiba

Endereço: Av. Presidente Affonso Camargo 330, Curitiba, PR. Telefone 0800 880 13156

Existem várias opções para este passeio, eu fechei com a agencia Serra Verde Express que opera os trens turísticos neste trecho. Há opções ida de trem e retorno de van, ida de van e retorno de trem ou ir apenas um dos trechos de trem e o outro por conta com ônibus da empresa Graciosa. Dentre as opções disponíveis me interessei pelo pacote por do sol, ida de van e retorno de trem. Fantástico, lindas paisagens tanto na ida de van, como na volta de trem com a vista do por do sol.

Saída de Curitiba as 9:30 h, retorno as 15 h, chegada em Curitiba as 19 h.

A cidade Morretes é encantadora, um verdadeiro charme, valeu cada minuto do passeio.

Para almoçar escolhemos o Café Bar e Restaurante Beira Rio com a linda vista do rio, tinha até rede para admirar a linda paisagem antes de o prato chegar.

Quem vai a Morretes não pode deixar de provar o famoso prato típico da região Barreado, claro que é feito com algumas adaptações. Valeu a experiência.

Após o almoço aproveitamos para visitar as lojinhas e barraquinhas da região, tem bastante objeto de decoração, artesanato, doces e lembrancinhas.

20180712_11314920180712_11432620180712_170944(0)20180712_15423820180712_15524620180712_16082420180712_160417(0)20180721_033454IMG_20180712_155706_HDR

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios
Destaque

Apresentação

20180730_112619Eu sou Lorena e como vocês amo viajar, para mim é a melhor forma de sair pelo menos algum tempo do tumultuo do nosso dia a dia e sentir brotar uma leveza inexplicável dentro de nós.

Já experimentou num dia bem estressante ir a um parque, praça ou jardim, fechar os olhos, sentir o vento bater em seu rosto, ouvir os sons a sua volta e tentar descobrir do que é? Viajar é sentir esta sensação em escala muito maior.

Para mim felicidade é bem simples, é estar com as pessoas que amo fazendo o que gosto como um piquenique num parque, ficar horas para tirar a melhor foto de uma borboleta, ver o nascer ou o por do sol, sentir o vento no rosto com os olhos fechados, sentir os raios de sol começando a esquentar nossa pele, admirar os pássaros voando, os cachorros latindo ou os gatos simplesmente a não fazerem nada, ouvir o barulho da queda d’agua de uma cachoeira, sentir as águas geladas do mar tocando nossos pés, andar descalços na areia, admirar a beleza de uma flor, sentir o sabor do nosso prato favorito ou tirar 5.000 fotos em um único dia…

O que seria de nós sem estas maravilhosas sensações? A vida não teria qualquer sentido. Pensando assim resolvi compartilhar  um pouco do que eu acredito que seja a real felicidade transformada em viagens, ao poucos vou postar dicas, roteiros, fotos e planos para futuras viagens. Espero que gostem.

Destaque

Uma Aventura pelo Sul do Brasil

Quando se quer passar quase um mês fora de casa viajando de carro 1.0 pequeno com a família para uma região fria em pleno inverno temos que pensar em tudo muito bem pensado, desde o roteiro, quais cidades visitar, quanto tempo passar em cada uma delas, o que levar, quanto iremos gastar, quais pontos turísticos visitar e a montagem do roteiro com atrações mistas para divertir criança e adulto sem ficar cansativo para ninguém. Neste caso é necessário focar no que realmente vale a pena de acordo com o gosto de cada integrante do grupo, neste caso minha família.

Foram dois anos planejando cada cidade, cada ponto turístico e cada pose para foto, tudo correu exatamente como Deus quis, ou seja, perfeito. Sei que estes momentos mágicos inspiraram muita gente a conhecer o Sul também,   momentos estes que guardaremos para sempre em nossas memórias. Pensem num carro feliz, andamos aproximadamente 4.200 km sendo mais de 500 km em estrada de terra, companheiro para todas as horas, adora um rali, se sente um 4X4…rsrsrs.

Fotos tiradas na divisa dos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, saindo de São José dos Ausentes indo para Urubici.

 

Organizando a Viagem

Sempre que viajo, em primeiro lugar faço uma lista de tudo que julgo necessário levar e dela faço outra de tudo que preciso comprar. Neste caso, como meu carro é pequeno o primeiro item na lista de compras foi um bagageiro externo. Fiz um calculo da quantidade de roupas necessárias por pessoa levando em consideração que ainda que se possa lavar algumas peças em lugares que alugamos flats com maquina de lavar, no inverno há dificuldade de seca-las. Após o termino da lista foi necessário incluir malas novas e bem grandes na lista de compras.

Ao alugar flats ou apartamentos é preciso verificar se disponibilizam roupas de cama e banho e caso negativo inclui-las na bagagem.

Ao arrumar as malas além de roupas é importante colocar tudo que for necessário para os primeiros dias para higiene pessoal, não é necessário calcular o que será gasto durante toda viagem, farmácia ou pequenos mercados existem em todas as cidades (meu marido diz que eu adoro mercado…rsrsrs), isto diminui o peso e o espaço utilizado. Pode-se fazer da lista feita um checklist e ticar item a item para garantir que não faltará nada.

Em viagens longas em estradas desconhecidas por mim, sempre levo garrafa de água e alguns petiscos, nunca sabemos a distancia até encontramos uma lanchonete no caminho.

Quando no roteiro existir vários hoteis/pousadas diferentes a serem pagos no chekin, fica perigoso levar todo valor necessário em espécie, porém há lugares que nem os hotéis nem os restaurantes aceitam cartões então é bom verificar com os estabelecimentos se aceitam cartão débito ou crédito antes de viajar, acreditem vários lugares não aceitam e não tem caixas eletrônicos ou banco 24 h, portanto é importante consultar se nos destinos escolhidos há caixas eletrônicos do seu banco.

Trajeto escolhido

Após varias pesquisas escolhemos 14 cidades para visita-las em 26 dias com parada em 7 pousadas/flats/hotéis.

  1. Saída de São Paulo – SP    10/07      
  2. Curitiba – PR    10/07 a 13/07
  3. Morretes – PR    10/07 a 13/07
  4. Caxias do Sul – RS    13/07 a 19/07
  5. Bento Gonçalves – RS    13/07 a 19/07
  6. Garibaldi – RS    13/07 a 19/07
  7. Farroupilhas – RS    13/07 a 19/07
  8. Nova Petrópolis – RS    19/07 a 26/07
  9. Gramado – RS    19/07 a 26/07                      
  10. Canela – RS    19/07 a 26/07
  11. São Francisco de Paula – RS    19/07 a 26/07
  12. Cambará do Sul – RS    26/07 a 29/07
  13. São José dos Ausentes – RS    29/07 a 30/07
  14. Urubici – SC    30/07 a 01/08
  15. Penha – Beto Carrero World – SC    01/08 a 04/08
  16. Retorno para São Paulo – SP     04/08

 

Nos próximos posts descreverei um pouco de cada uma das cidades acima e seus encantadores pontos turísticos.

 

 

Urubici em 2 dias

Ao planejar minha viagem para o Sul veio à dúvida, de São José dos Ausentes até São Paulo o trajeto seria bem longo, então onde passar alguns dias para curtir o final das férias e encurtar o tempo de volante num único dia no percurso da volta?

Depois de muita pesquisa achei Uribici, uma cidade pequena próxima à divisa dos estados de Rio Grande do Sul e Santa Catarina voltada para o turismo em cânion, cachoeiras e montanha.

A cidade localizada nas Serras de Santa Catarina é famosa pelas baixas temperaturas e por nevar no inverno,é uma ótima opção pra quem quer curtir o frio. Em todas as estações do ano atrai pessoas amantes da natureza de todas as idades. É uma boa opção para quem curte caminhada e belas paisagens.

Separei dois dias para desfrutar desta linda cidade e seus atrativos, dentre tantas montanhas, serras, cachoeiras e cânion foi difícil escolher os pontos turísticos.

Fomos ao final de julho e apesar das férias escolares a cidade, a pousada e os pontos turísticos estavam vazios. O frio nesta época do ano é bem intenso, porém infelizmente não pegamos neve. Bom levar roupas confortáveis para andar, porém que agasalhem bastante.

Minha primeira ideia foi o Cânion do Espraiado há 40 km do centro de Urubici possui uma altitude de 1.850 metros. Para chegar nele deve-se seguir a estrada de acesso a Serra do Corvo Branco, alguns Km após o inicio da estrada de chão, na primeira bifurcação, entrar à esquerda e seguir reto até a Pousada Refúgio da Montanha. O percurso total a pé é de aproximadamente 26 km, fomos orientados a contratar um guia e um veiculo 4X4, até mesmo porque estávamos com uma criança de 7 anos. Uma boa ideia é solicitar indicação sobre o guia a pousada. Como teríamos apenas 48 h em Uribici, optamos por não visitar o Cânion Espraiado e aproveitar os demais pontos turísticos tranquilamente com nosso carro 1.0 que apesar das estradas de terra, andou super bem.

Outra opção para quem tiver mais tempo é o Sítio Sete Quedas com pousada e cachoeiras, fomos informados pelo proprietário que boa parte da trilha das cachoeiras é dentro da água na altura dos pés o que a torna escorregadia e não recomendado para crianças e idosos, o valor da entrada é R$ 5,00. Endereço: Estrada Geral da Limeira 370, Brusque, SC. Telefone: (49) 3278-4115.

Saímos de Silveira em São José dos Ausentes-RS rumo a Urubici-SC no dia 30/07/18 as 11:00 h. Foram 111 km em duas horas, a estrada até São Joaquim 53 km apesar de ser de terra é bem tranquila.

Paramos para abastecer e almoçar em São Joaquim, nosso combustível estava quase no fim já que não abastecíamos desde que saímos Cambará do Sul com o tanque pela metade… Não imaginávamos que em Silveira não tem posto de gasolina.

Pontos Turísticos escolhidos por ordem de visitação

  1. Gruta Nossa Senhora de Lourdes
  2. Serra do Corvo Branco
  3. Plantação de maçãs
  4. Pizzaria Don Raffaelle
  5. Mirante da Cidade de Uribici e Inscrições Rupestres
  6. Cachoeira do Avencal
  7. Cachoeira da Neve e Cachoeira das Araucárias
  8. Restaurante Serra Grill
  9. Morro do Campestre
  10. Cascata véu da Noiva
  11. Morro da Igreja – Pedra Furada
  12. Manali Bistrô

 

Gruta Nossa Senhora de Lourdes

Endereço: SC-370, Distrito de Santa Terezinha, Urubici, SC.

No caminho para o morro da Igreja, a 10 km do centro de Urubici, fácil acesso, bem sinalizado, estacionamento na entrada. A gruta está em meio há paredões e uma bela cascata, com mais de dez metros de altura. A entrada é gratuita. A igreja da foto abaixo fica próxima a Gruta.

 

 

Serra do Corvo Branco

Endereço: SC-370, Urubici, SC.

No caminho para o morro da Igreja, a 28 km do centro de Urubici, bem sinalizada, fácil acesso, a grande maioria do trajeto asfaltado o restante estava em obras acredito que será asfaltado em breve. No início da serra a estrada passa pelo meio de dois enormes paredões de 90 metros de altura, num local que é considerado o maior corte em rocha arenítica do Brasil, excelente local para tirar fotos que ficam lindas tanto em dias abertos ou dias fechados pela neblina. A partir dai a estrada estreita e as curvas ficam cada vez mais acentuadas ao longo da descida da serra, cenário perfeito.

 

 

37974629_1717133278402514_8026089451430084608_n
Estrada SC-370 chegando a Serra do Corvo Branco

 

Plantação de maçãs

Ao longo do caminho desde que cruzamos a fronteira entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina até Urubici, vimos diversas plantações de maçã com seus galhos secos devido às baixas temperaturas do inverno formam lindas paisagens dignas de uma foto.

38005594_1717097608406081_4404959815017693186_n

 

Pizzaria Don Raffaelle

Endereço: Av. Adolfo Konder 601, Urubici, SC. Telefone: (49) 3278-5125.

Horário: Todos os dias das 18:00 as 23:30 h.

Por ser uma segunda feira foi um dos poucos lugares que encontramos abertos a noite, a pizza estava gostosa. Nada como um bom vinho para esquentar o frio estava intenso.

 

Inscrições Rupestres de Urubici

Endereço: Rodovia SC-430 Km 5 em direção à São Joaquim, Morro do Avencal, Urubici, SC.

Quando fomos o terreno ao lado estava em obra construção de uma casa, ficamos preocupados de estar entrando em propriedade particular apesar da placa indicando as inscrições, valeu a visita. Uma pena ver parte da nossa história tão largada… Do outro lado da rodovia fica o Mirante da Cidade de Uribici.

 

 

 

Mirante da Cidade de Uribici

Endereço: Rodovia SC-430 Km 5 em direção à São Joaquim, Morro do Avencal, Urubici, SC.

O Mirante está na beira da estrada em frente as inscrições rupestres e permite ter uma visão panorâmica de Urubici. Linda vista!

 

 

Cachoeira do Avencal

Endereço: SC 430 km 43  S/N, Morro do AvencalUrubici, SC.

A cachoeira fica a aproximadamente 8 km de Urubici. Uma queda d’água perfeita com 100 metros de altura. O acesso à parte superior é fácil se dá por uma estrada a partir da rodovia SC-430. Os mirantes ficam dentro de duas propriedades particulares, a primeira cobra R$ 5,00 a entrada e tem um mirante, a segunda R$ 7,00 e possui dois mirantes, para avista-la de diferentes ângulos, também há outras atrações como tirolesa, rapel, pedalinhos e passeio a cavalo aos finais de semana. Fomos na segunda opção, valeu a escolha. Existe acesso a parte baixa da cascata seguindo por uma trilha de aproximadamente 600 metros numa propriedade particular sem custo, não fomos a parte baixa pois acreditamos que a vista da parte de cima já foi perfeita.

 

 

Cachoeira da Neve e Cachoeira das Araucárias

Endereço: Estrada Geral do Baiano, à direita após a ponte siga 2100 Metros, Urubici, SC. Telefone: (49) 999013-0796.

São duas cachoeiras localizadas no Camping Arroio do Engenho, o valor da entrada é R$ 10,00.

A Cachoeira da Neve com 85 metros de altura recebeu esse nome porque enquanto a água está caindo ela é espalhada pelo vento e quando a temperatura está abaixo de 0º as gotículas congelam e caem como neve. A trilha até a Cachoeira da Neve é fácil e bem cuidada pelo proprietário que fez pontes e colocou pedras no trajeto pra facilitar o acesso. Recomendada até mesmo para crianças. Linda queda d’água, a considero imperdível.

 

 

A Cachoeira das Araucárias tem 50 metros de altura, é bonita, porém para chegar até ela é necessário bastante cuidado, a trilha continuação da Cachoeira das Neves torna-se um pouco perigosa, necessário subir pelas pedras. Apesar de termos ido com nosso filho de 7 anos, não recomendada para crianças.

38032792_1718745094907999_7277927357015392256_n

 

Restaurante Serra Grill

Endereço: Av. Adolfo Konder 1600, Traçado, Urubici, SC. Telefone: (49) 3278-5650.

Horário: Todos os dias das 11:30 as 13:30 h.

Restaurante simples com comida gostosa por quilo ou buffet a vontade.

 

Morro do Campestre

Endereço: SC-439, KM 7, Urubici, SC.

Partindo do semáforo no bairro Esquina, são 8 km de estrada de chão pela Rodovia SC-439 (Av. Rodolfo Andermann) em direção ao município de Rio Rufino. Há placas indicando a direção correta.

Para subir é preciso entrar numa propriedade particular a Fazenda Morro da Cruz, o valor da entrada é R$ 5,00, se a porteira estiver fechada é só abrir, logo na entrada é possível avistar uma casa amarela, geralmente tem alguém de fora para receber as pessoas.

A subida é feita de carro por quase todo trajeto, a parte a pé é curta, porém pelas pedras, é preciso tomar muito cuidado, pois são escorregadias, fomos com nosso filho ficamos um pouco receosos, mas deu tudo certo. A vista é linda, vale a pena a visita. Apesar de bem íngreme nosso carro 1.0 subiu bem.

38128690_1718771311572044_3950630366196269056_n
Pensem num carro feliz, ele se sente 4X4…. Rsrsrs. Nesta viagem de férias rodamos 4.200 km sendo mais de 500 km em estrada de terra.

 

 

Cascata véu da Noiva

Estrada geral morro da igreja Cascata Véu de Noiva Km 6,5, Urubici, SC. Telefones: (49) 99135-2121 e (49) 3236-1110.

Horário: De terça a domingo das 08:00 as 18:00 h.

A Cascata Véu de Noiva está localizada no Restaurante e Pousada Véu da Noiva, onde também tem tirolesa e trilha para caminhada. O nome da cascata vem da sua formação em rocha basalto inclinada faz a água descer por 62 metros até sua base lembrando um véu de noiva.

O valor da entrada é R$ 5,00, seu acesso  é por uma trilha de 100 metros é fácil e recomendado para todas as idades. O lugar é lindo e bem cuidado, vale o passeio.

No restaurante também vendem souvenir e produtos da região. No local há banheiro.

 

Ao caminhar pela trilha próxima a cachoeira, encontramos alguns funcionários da propriedade do lado que nos convidaram para continuar a trilha sem custo, nela tem mais duas cachoeiras e uma tirolesa, seguimos apenas até a próxima cachoeira. A trilha é bem cuidada, mas estava um pouco escorregadia, posso dizer que o nível de  dificuldade é fácil, porém não recomendo para idosos e crianças pequenas, meu filho com 7 anos foi tranquilo. É bem bonita valeu.

38072068_1718831711566004_5420592221856464896_n

 

Morro da Igreja e Pedra Furada

Estrada geral morro da igreja, Parque Nacional São Joaquim, Lauro Müller, SC. Telefones: (49) 3278-4994. Email: reservasparquesaojoaquim@icmbio.gov.br.

Localizado a 29 km do centro de Urubici, o morro sedia uma base de aeronáutica que controla o espaço aéreo de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

Horário: Todos os dias das 10:00 as 15:00 h.

Para fazer a visitação ao Morro da Igreja, precisa de autorização no ICMBio que pode ser adquirida pelo telefone ou email informado acima sem cobrança, só sobem 200 carros por dia, bom verificar com antecedência.

Infelizmente quando fomos, a estrada do morro da igreja estava em obras e o acesso a pedra furada estava fechado… Porém peguei todas as informações necessárias no telefone acima para na próxima viagem a Uribici visitarmos sem falta.

É ponto mais alto habitado da região sul do Brasil a 1822 metros de altitude e um dos locais com maior de registro de neve no país. É um passeio de fácil acesso pois a subida do morro é asfaltada, fomos até a cascata véu da noiva tranquilamente mesmo com a estrada em obra. Do alto avista-se a Pedra Furada, formação que se assemelha a uma grande janela natural. Importante levar agasalhos mesmo no verão porque devido a alta altitude a temperatura costuma ser baixa. O acesso aos visitantes é permitido apenas na primeira porteira, a segunda porteira é área exclusiva da aeronáutica.

 

Manali Bistrô

Endereço: Av. Adolfo Konder 763, Centro, Urubici, SC. Telefone: (49) 3016-2312.

Horário: De segunda a quinta das 18:00 as 22:00 h, sábado e domingo das 18:00 as 23:00 h.

Boa opção para lanchar a noite, ambiente tranquilo, bem decorado e principalmente aquecido no inverno. Gostamos do hambúrguer artesanal.

 

 

São José dos Ausentes em 2 dias

Em 2015 ao assistir algumas cenas da Novela Além do Tempo da emissora Rede Globo despertou meu interesse em conhecer São José dos Ausentes que como Cambará do Sul é uma cidade pequena totalmente voltada para o turismo nos cânions e cachoeiras. A cidade atrai pessoas amantes da natureza de todas as idades. É difícil em palavras expressar tudo que representam os gigantes e lindos Cânions, só quem vai para Cambará do Sul, São José dos Ausentes e região sabe a sensação maravilhosa que é vê-los de perto. É uma boa opção para quem curtem caminhada, cachoeira e belas paisagens.

Em São José dos Ausentes há pelo menos quatro cânions: Monte Negro, Boa Vista, da Rocinha e Amola Faca. Dentre eles o Monte Negro, Boa Vista e o Mirante da Serra da Rocinha é possível visitar sem guia tranquilamente num carro 1.0 apesar dos vários quilômetros em estrada de terra. Já no Amola Faca é necessário um guia de turismo, sugiro verificar com a pousada que for se hospedar, pois a maioria delas tem seus próprios guias.

Fomos ao final de julho e apesar das férias escolares a cidade, a pousada e os pontos turísticos  estavam vazios. Parecíamos ser os únicos turistas na cidade. O frio nesta época do ano é bem intenso, bom levar roupas confortáveis para andar, porém que agasalhem bastante. O ideal é calça legue ou moletom, tênis leve de secagem rápida e que não escorregue, camiseta e blusa de moletom, ainda que o dia esteja quente, pois devido à altitude venta bastante e o tempo muda bruscamente então a coloque na mochila, pois pode ser necessária, eu pessoalmente senti muito frio. É necessário levar pelo menos 2 pares de tênis pois vai molhar em quase todas as trilhas afinal a unidade próximo aos cânions é alta e no inverno além de chover bastante na região haverá maior dificuldade de seca-lo, então deixe um apenas para fazer as trilhas.

Importante levar água e caso pretenda passar um pouco mais de tempo lanche, pois não há lanchonete ou restaurante perto dos cânions. Há banheiro apenas no Cânion Boa Vista que fica numa propriedade particular e também pousada.

Não precisamos contratar guia em nenhum dos passeios que fizemos. É preciso ter muito cuidado com as crianças na beira dos cânions.

Saímos de Cambará rumo a São José dos Ausentes no dia 29/07/18 as 08:00 h. Há duas opções para este trajeto, a primeira são 53 km sendo 33 Km em estrada de terra aproximadamente 1:30 h e a segunda são 165 km em estrada asfaltada aproximadamente 2:15 h. Apesar da maior distancia como nosso carro estava muito pesado com malas e vinhos, fomos pela estrada asfaltada, porém tanto os proprietários da pousada em Cambará como o da pousada em São José dos Ausentes nos disseram que a estrada de terra é bem tranquila.

Chegamos em São José dos Ausentes as 10:20 h, paramos no centro de informações turísticas e seguimos para o primeiro ponto turístico com todas as malas no carro rumo a mais um dia de aventuras, foram mais 40 km em estrada de terra em 1:10 h.

Optamos em nos hospedar em Silveira, distrito de São José dos Ausentes para ficarmos mais próximos aos pontos turísticos. Caso tivéssemos nos hospedado na cidade teríamos no final do dia que retornar 21 km até a pousada e no dia seguinte mais 21 km até os pontos turísticos estrada de terra.

Importante saber que em Silveira não há postos de gasolina, bancos e nem restaurantes então abasteça o carro quando chegar a São José dos Ausentes e ao contratar a hospedagem feche pacote com café da manhã e janta. Na região há pousadas e algumas opções de alugar um quarto com suíte em alguma residência.

Os cânions são imprevisíveis então caso seja possível é bom ter algumas horas sobrando na programação. A neblina aparece e toma conta da paisagem numa rapidez impressionante. Tivemos muita sorte, pois conseguimos ver os dois cânions escolhidos no mesmo dia.

 

Pontos Turísticos escolhidos por ordem de visitação

  1. Mirante da Serra da Rocinha 29/07
  2. Cânion Monte Negro 29/07
  3. Restaurante da Pousada Fazenda Monte Negro 29/07
  4. Cânion Boa Vista 30/07
  5. Cachoeirão Dos Rodrigues 30/07

 

Mirante da Serra da Rocinha

Endereço: BR 285, São José dos Ausentes, Rio Grande do Sul.

O mirante fica localizado nas margens da BR 285, possui uma vista panorâmica devido a sua altura de aproximadamente 1209 metros acima do nível do mar, podendo em dias claros avistar algumas cidades vizinhas. Esta localizado cerca de 21 km do centro da cidade. Tivemos que excluí-lo do nosso roteiro pois quando fomos a serra da rocinha estava em obras, porém tivemos varias recomendações para visita-lo. Pretendemos voltar um dia para conhecê-lo. Caso tivéssemos conseguido visita-lo teríamos completado nosso trajeto em exatamente 2 dias.

Cânion Monte Negro

Endereço: São José dos Ausentes, RS. Informações: (54) 3234.1006.

O Cânion Monte Negro é o ponto mais alto do Rio Grande do Sul com 1.403 metros de altitude. Localizado a 45 km do centro da cidade, seu acesso é pela estrada municipal Silveira passando por dentro de uma fazenda. É possível chegar de carro bem perto, o que facilita a caminhada. Lindo local para tirar fotos e contemplar a natureza. É possível realizar caminhas pela borda dos paredões. Algumas pousadas próximas realizam cavalgadas nos cânions, há placas indicando no caminho para o Cânion. Não há banheiro ou lanchonete no local. A visita é gratuita.

 

Restaurante da Pousada Fazenda Monte Negro

Endereço: Fazenda Montenegro 100, Zona Rural, São José dos Ausentes, RS. Telefone: (54) 99978-2299.

Saímos do Cânion na hora do almoço, aproximadamente 13 h, paramos para almoçar no restaurante da Pousada Fazenda Monte Negro. O restaurante cobra por pessoa e serve comida típica da região, tivemos a oportunidade de provar linguiça caseira suína e bovina com pinhão dentre outros pratos da região. Não há muitas opções para almoçar próximas aos cânions.

 

Cânion Boa Vista

Endereço: Estrada do Chapadão S/N, Distrito de Silveira, São José dos Ausentes, RS. Email: pousadaecodoscannyons@hotmail.com.

Localizado na Pousada Ecológica dos Canyons a 43 km do centro da cidade, o cânion Boa Vista emprestou sua deslumbrante vista como cenário para a novela Além do Tempo, da emissora Rede Globo. No local há banheiro e pode-se comprar alguma coisa para beber. O valor da entrada é R$ 10,00. O estacionamento fica aproximadamente uns 600 metros do cânion. A caminhada é fácil em campo aberto.

 

Cachoeirão dos Rodrigues

Endereço: Fazenda Lajeadinho S/N, Distrito de Silveira, São José dos Ausentes, RS. Telefones: (54) 3234.1006 e (54) 99905-9522.

Localizada na Pousada Cachoeirão dos Rodrigues a 33 km da cidade. A trilha é bem sinalizada e de fácil acesso, a cachoeira é bonita, porém não é muito fácil tirar fotos pois a trilha termina próximo a parte superior da cachoeira e tem muitas arvores tampando a vista. Com 28 metros de altura, o Cachoeirão é formado por uma sucessão de quedas. Não é muito alta, mas sua beleza está na largura. Para visitação é cobrado uma taxa de R$ 15,00.

 

 

 

Cambará do Sul em 2 dias

Cambará do Sul é uma cidade pequena totalmente voltada para o turismo nos cânions e cachoeiras. Não há palavras para descrever a beleza destas maravilhas esculpidas pela ação do tempo. Há alguns anos meu sonho era conhecer os famosos Cânions do Sul do Brasil, finalmente o sonho foi realizado.

20180726_153215

Em julho, apesar das férias escolares a cidade e os pontos turísticos não estavam muito cheios como Gramado e Canela. O frio nesta época do ano é bem intenso, bom levar roupas confortáveis para andar, porém que agasalhem bastante. Importante levar pelo menos 2 pares de tênis pois vai molhar em quase todas as trilhas e no inverno não seca rápido, então deixe um apenas para fazer as trilhas.

No dia que tiramos a foto com o termômetro abaixo até que a temperatura estava amena, a noite chegava a torno de 3 graus.

20180726_172115

Saímos de São Francisco de Paula rumo a Cambará do Sul no dia 26/07/18 as 15:00 h, foram 71,7 km em aproximadamente 1:30 h.

Ao chegarmos em Cambará fomos direto para a pousada após ternos aproveitado bem o dia em Gramado e São Francisco de Paula, nos instalamos na pousada e saímos para jantar, por ser quinta feira andamos bastante de carro e encontramos apenas um restaurante aberto.

Depois de Cambará do Sul nosso destino foi São José dos Ausentes em 1 dia, então reservamos 3 diárias em Cambará. No dia 29/07/18 saímos da Pousada por volta das 09:00 h com todas as malas no carro rumo a um dia de muitas aventuras.

É uma boa opção para os que curtem caminhada e a natureza, atraí os turistas desde casais de namorados aproveitando cenário romântico dos cânions com as baixas temperaturas do inverno até as crianças encantadas com a perfeição da natureza.

Lugar perfeito para fazer as trilhas e depois sentar a beira do precipício para descansar e ficar o máximo de tempo possível sentindo o vento batendo no rosto e admirando a imensidão a nossa frente.

Aconselho ir aos cânions com roupas apropriadas para caminhar. O ideal é calça legue ou moletom, tênis leve de secagem rápida e que não escorregue, camiseta e blusa de moletom, ainda que o dia esteja quente, pois devido à altitude venta bastante e o tempo muda bruscamente então a coloque na mochila, pois pode ser necessária, eu pessoalmente senti muito frio.

Importante levar água e caso pretenda passar um pouco mais de tempo lanche, pois não há lanchonete ou restaurante perto dos cânions. Há banheiro apenas na entrada. Não esquecer a máquina fotográfica, para registrar cada detalhe.

Não precisamos contratar guia em nenhum dos passeios que fizemos. Fomos de carro 1.0, fizemos as trilhas todas auto guiadas e bem sinalizadas com uma criança tranquilamente. É preciso ter muito cuidado com as crianças na beira dos cânions, muito cuidado mesmo.

Na cidade há algumas agências de turismo com guias e carros 4×4 caso achem necessário. Uma das agencias que encontramos num dos cânions nos ofereceu o passeio para cachoeira Passo do S, esta só pode ser visitada com carro 4×4, preferimos seguir nosso próprio roteiro.

As estradas para os cânions e cachoeiras têm vários quilômetros em estradas de terra em boas condições. A pior que encontramos foi parte da estrada para o cânion fortaleza. Fomos numa época de chuva e não tivemos problema para chegar aos pontos turísticos escolhidos.

Importante saber que os cânions são imprevisíveis então é bom ter um dia sobrando na programação. A neblina aparece e toma conta da paisagem numa rapidez impressionante. Tivemos muita sorte, pois conseguimos ver os dois cânions, porém no Fortaleza tivemos que retornar  no dia seguinte para vê-lo melhor, o que nos obrigou a retirar do roteiro as trilhas da Cachoeira do Tigre e da Pedra do Segredo.

Dividi os pontos turísticos da seguinte  forma, um cânion e uma cachoeira por dia, as várias pesquisas que fiz indicam que a visita aos cânions deve ser feita no período da manhã, pois a neblina ainda está baixa, lá descobri que não existe regra para isso, num dia fomos de manhã ao Cânion Fortaleza e ele estava todo coberto pela neblina, ficamos lá umas 2 h e só fechou ainda mais, no dia seguinte fomos próximo ao horário do almoço e ele estava totalmente visível.

 

Pontos Turísticos escolhidos por ordem de visitação

  1. Igreja Matriz São José 26/07
  2. Restaurante Galpão Costaneira 26/07
  3. Parque Nacional da Serra Geral, Cânion Fortaleza, Cachoeira do Tigre e Pedra do Segredo 27/07
  4. Cachoeira do Tio França 27/07
  5. Sabores da Querência 27/07
  6. Parque Nacional de Aparados da Serra e Cânion Itambezinho 28/07
  7. Cachoeira dos Venâncios 28/07

 

Igreja Matriz São José

Endereço: Av. Getulio Vargas, 1101 Centro, Cambará do Sul, RS.

20180726_153840

 

Restaurante Galpão Costaneira

Endereço: Rua Dona Úrsula, 1069, Cambará do Sul – RS. Telefone: (54) 3251-1005.

Horário: De segunda a sábado das 11:30 as 15:00 h e das 19:00 as 22:00 h, domingo das 11:30 as 15:00 h.

Um restaurante num galpão rústico, com boa diversidade de comida, salada e sobremesa. Há opção de comida a vontade com ou sem churrasco servido na chapa na mesa. Escolhemos a opção com churrasco, pagamos R$ 50,00 por pessoa, tudo a vontade, exceto as bebidas que são cobradas a parte. Recomendo.

 

 

Parque Nacional da Serra Geral

Endereço: Rodovia CS-012 Km 22, Cambara do Sul, RS. Telefones: (54) 3251-1277 e (54) 3251-1262.

Horário: De segunda a domingo das 08:00 as 17:00 h.

O percurso do centro de Cambará até o parque possui 19 km sendo 5 km em estrada de terra, até mesmo na parte asfaltada é necessário dirigir com muito cuidado pois as vacas, os bezerros, as galinhas e os galos atravessam a pista durante todo percurso.

Tanto a entrada como o estacionamento são gratuitos. Há banheiro na portaria. Depois que entramos seguimos de carro por mais uns 5 km em estrada de terra.

Cânion Fortaleza

Localizado no Parque Nacional da Serra Geral é considerado um dos mais exuberantes da região. Possui 7,5 km de extensão, 2.000 metros de largura e uma altitude de 1.240 metros acima do nível do mar. Os seus paredões lembram muralhas, dai o nome Fortaleza.

Fomos no dia 27/07/18 pela manhã, chegamos no Cânion por volta das 09:30 h, ele estava quase todo coberto pela neblina, ficamos até as 12:30 h esperando para ver se o tempo abria porém só piorou. Ainda assim ficamos encantados com a linda vista, parece cenário de televisão. No segundo dia voltamos por volta das 12:00 h e não havia neblina.

No Cânion Fortaleza há três trilhas: a do Mirante do Fortaleza com 3,2 km, a da Cachoeira do Tigre Preto com 2 km e a da Pedra do Segredo com 2,7 km. Acredito que para fazer as 3 trilhas com bastante tranquilidade e admirando bem a paisagem são necessárias pelo menos 4 h, num ritmo mais acelerado 3 h.

No Cânion não há guia a disposição, caso julguem necessário devem contrata-lo numa agencia de turismo na cidade, na minha opinião não há necessidade, as trilhas são todas auto guiadas.

Infelizmente devido a forte neblina conseguimos fazer apenas a trilha do mirante e tivemos que refazê-la no dia seguinte… Mas com certeza voltaremos para fazê-las, apesar de não termos feito as outras duas trilhas pegamos algumas informações na pousada antes de irmos para os Cânions na intenção de visita-las.

Trilha do Mirante
Esta trilha apresenta um percurso de 3 km ida e volta. Nesta caminhada é possível observar 95% do Cânion Fortaleza. Em dias claros é possível enxergar parte do litoral gaúcho. A subida até o topo é leve e parando para tirar fotografias pode ser feita em 1:30 h. Ao final da subida, aproveite para descansar sentado nas pedras e curtindo a vista panorâmica dos paredões, não há como não se encantar com esta perfeição da natureza.

Trilha da Cachoeira do Tigre Preto
Esta trilha é fácil e apresenta um percurso de aproximadamente 2 km ida e volta começando junto à ponte de concreto sobre o arroio Segredo, nela é possível observar 10% do Cânion Fortaleza e as três quedas d’agua da Cachoeira do Tigre Preto. Antes de visualizar a cachoeira de frente é preciso passar por cima dela atravessando o rio por cima das pedras com muito cuidado pois pedras molhadas geralmente são lisas. Após a travessia, pegar uma trilha com aproximadamente 250 metros para chegar ao mirante. A queda d’água têm 400 metros de altura.

Trilha da Pedra do Segredo
Seguindo adiante a mesma trilha da Cachoeira do Tigre Preto por aproximadamente 30 minutos chega-se a Pedra do Segredo. A pedra que é formada por um bloco de cinco metros de altura e de aproximadamente 30 toneladas é um verdadeiro mistério pois esta equilibrada em uma base de apenas cinquenta centímetros, dando a impressão que poderá cair a qualquer momento. A descida a base da pedra está proibida.

Separei abaixo as fotos tiradas no dia 27/07 com muita neblina e dia 28/08 sem neblina porém o céu estava nublado, sinceramente é difícil dizer qual delas ficou mais bonita, mesmo com neblina ele tem seu charme.

Fotos da Trilha do Mirante em 27/07/2018

 

Vejam nas duas ultimas fotos acima tiradas no mesmo dia na trilha do cânion havia muita neblina, ao pegar a estrada rumo à cidade o dia estava lindo de sol, a neblina fica apenas na proximidade do cânion.

 

Fotos da Trilha do Mirante em 28/07/2018

 

 

Para o almoço há algumas opções na Av. Getulio Vargas 1101, Centro, Cambará do Sul, RS. Nesta avenida também tem farmácia, posto de gasolina, agencias de turismo, mercado e padaria. Importante saber que em Cambará há apenas o Banco Banrisul, Sicred e Banco Postal Correios.

 

Cachoeira do Tio França

Endereço: Estrada do Lajeado da Margarida 560, Cambará do Sul, RS.

Está a 3 Km do centro de Cambará do Sul numa propriedade particular chamada Estância da Felicidade. O valor da entrada é R$ 10,00. A cachoeira é bonita e a trilha é bem fácil com aproximadamente 3 Km de extensão ida e volta. Se tiver chovido, vá preparado para molhar o tênis nas poças de água no meio da grama.

 

 

Sabores da Querência

Endereço: RS 427 Km 3, Sítio Querência Macanuda, Cambará do Sul, RS.

Horário: De terça a domingo das 09:00 as 17:00 h.

Grande variedade de sabores de geleias artesanais feitas no próprio sitio,  há degustação gratuita dos produtos. Uma pena não fabricarem geleias zero açúcar. Compramos pelo menos dois sabores.

 

Parque Nacional de Aparados da Serra

Endereço: Parque Nacional de Aparados da Serra, RS. Telefones: 54 3251-1277 e (54) 3251-1262.

Horário: De terça a domingo das 08:00 as 17:00 h.

O grande atrativo do parque é o Cânion Itaimbezinho, formado pela mata atlântica e floresta de araucária, cachoeiras e penhasco, ele é morada de muitos animais principalmente pássaros. Da mesma forma que o cânion Fortaleza é uma verdadeira perfeição da natureza, da vontade de ficar horas e horas admirando sua beleza. Fomos muito abençoados por Deus, pois fomos num dia sem nuvens ou neblina.

A entrada e o estacionamento são gratuitos. 

 

Cânion Itaimbezinho

Com profundidade de aproximadamente 700 m é um dos maiores das Américas, seus paredões rochosos, suas fendas estreitas junto ao verde da vegetação formam um cenário mais que perfeito.

Há um centro de informações logo na entrada, nele podemos obter informações sobre as três as trilhas abertas ao público e utilizar o banheiro.

As Trilhas do Vértice e a do Cotovelo iniciam próximo ao centro de informações. A Trilha do Rio do Boi,  acesso ao interior do cânion,  tem inicio no Posto de Informação e Controle do Rio do Boi, que fica no município de Praia Grande, SC.

Como tínhamos intenção de voltar ao Cânion Fortaleza fizemos apenas a trilha do vértice.

Trilha do Vértice
Trilha com aproximadamente 1,5 km de extensão, auto guiada com placas indicando o caminho e nível fácil. No percurso há alguns mirantes para admirar a bela vista do cânion e das cachoeiras. No primeiro mirante vimos a Cascata das Andorinhas com uma queda de 300 m de altura. No segundo mirante vimos a Cascata Véu da Noiva com uma queda de 500 m de altura. No terceiro mirante vimos duas cascatas e o início do Cânion Itaimbezinho que é em forma de vértice e dá origem ao nome da trilha.

Trilha do Cotovelo
Trilha com aproximadamente 6 km de extensão, sua maior parte é feita por uma antiga estrada do parque e o restante do caminho é feito pela borda do Cânion. Chegando ao mirante vemos além dos paredões do Itaimbezinho, o Rio do Boi no meio e também 3 cascatas.

Trilha do Rio do Boi
É a trilha mais longa e mais difícil do Parque, seu acesso é por Praia Grande, SC e só é possível fazê-la com um guia credenciado no Parque Nacional de Aparados da Serra. São 8 km de trilha passando por dentro do rio na parte de baixo do Cânion Itaimbezinho. São aproximadamente 6 h de caminhada, necessário um dia somente para esta caminhada.

 

 

Cachoeira dos Venâncios

Endereço: Estrada da Jaquirana Km 22, Fazenda Cachoeira, Jaquirana, RS. Telefone: (54) 9924-6499.

Horário: Por trata-se de área de camping, enquanto estiver claro é possível visitar a cachoeira.

A cachoeira fica na divisa entre as cidades de Cambará do Sul e Jaquirana. Saindo de Cambará são 8 km de asfalto pela RS-020 até a estrada que liga a Jaquirana, a partir daí são aproximadamente 13 km em estrada de terra. Para visita-la é cobrada uma taxa de R$ 5,00, um valor considerado baixo pela paisagem e conservação do local. São 4 cachoeiras em sequência, todas de fácil acesso. Não tem como não se encantar. Próximo a primeira cachoeira tem mesas para aqueles que quiserem passar o dia por lá e fazer um piquenique.

 

 

 

Canela, Gramado, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula em 7 dias

As famosas cidades da Serra Gaúcha são totalmente voltadas para o turismo, repletas de bons restaurantes, hotéis e diversas atrações para todos os gostos e bolsos. Lindas e bem jardinadas encantam os turistas de todas as idades.

Em julho, época de férias escolares é um destino bem disputado entre os turistas desde casais de namorados aproveitando o clima romântico do inverno com baixa temperatura que muitas vezes chega a nevar para desfrutarem de fondues, lareiras, vinhos e queijos até crianças encantadas com a magia dos parques, museus e muito chocolate. O lado ruim desta época tão procurada é o transito, a dificuldade de encontrar lugar para estacionar o carro, preços mais altos cobrados nos hotéis, nos restaurantes e nas atrações turísticas, suas fotos repletas de pessoas no fundo e as filas para entrar nas atrações, contudo ficamos encantados.

Canela e São Francisco de Paula encantam por serem cidades repletas de atrações naturais como parques, cânions, cachoeiras, já em Gramado temos grande variedade de museus, lojas de roupas, lojas e fabricas de chocolates decoradas, já Nova Petrópolis é uma cidade tipicamente alemã. São Francisco de Paula e Nova Petrópolis são menos movimentadas que Gramado e Canela.

Saímos de Farroupilha rumo a Canela no dia 19/07/18 as 17:00 h, foram 97,4 km em aproximadamente 2:10 h.

As quatro cidades são bem próximas então nos hospedamos em Canela, fomos direto para a pousada após termos aproveitado bem o dia em Farroupilha. Separei 3 dias para aproveitarmos Canela, 2 dias para Gramado, 1 dia para Nova Petrópolis e o último dia para São Francisco de Paula, saímos de Canela de manhã já com a bagagem no carro pois a noite partimos para Cambara Do Sul.

Pouco tempo para tantas atrações, foi preciso cortar algumas atrações do roteiro e acelerar o passo para dar tempo de visitar tudo planejado. Separei os pontos a serem visitados na grande maioria por proximidade, alguns por nível de dificuldade, quando se está com criança fica cansativo fazer trilha o dia todo então ainda que próximos dividi em dois dias.

Quem viaja para as Serras Gaúchas não pode deixar de provar alguns pratos realmente típicos da região, então, sugiro incluir no roteiro pelo menos um café colonial alemão, uma churrascaria gaúcha com costela fogo de chão, um rodizio ou sequencia de fondue, um restaurante de comida típica alemã, pinhão que é vendido cru ou cozido na estrada que vai para o parque do caracol em barraquinhas no acostamento, um belo chocolate quente e outras delicias de chocolate.

 

Pontos Turísticos escolhidos por ordem de visitação

Canela

  1. Alambique Flor do Vale 20/07
  2. Estação Verde 20/07
  3. Catedral de Pedra 20/07
  4. Dalmmer Restaurante e Petiscaria 20/07
  5. Bondinhos Aéreos Parques da Serra 20/07
  6. Adega Tradição 20/07
  7. Feira de Inverno de Canela 20/07
  8. Parque da Ferradura 21/07
  9. Parque dos Paredões 21/07
  10. Parque do Caracol 21/07
  11. Parque da Cachoeira 22/07
  12. Parque Terra Mágica Florybal 22/07
  13. Parque Vale dos Dinossauros 22/07
  14. Churrascaria Garfo e Bombacha 22/07
  15. Mundo Gelado do Capitão 22/07
  16. Florybal Chocolates  22/07
  17. Mundo a Vapor  23/07

Gramado

  1. Harley Motor Show 23/07
  2. Dreamland Museu de Cera 23/07
  3. Florybal Chocolates  23/07
  4. Chocolates Lugano – Loja 23/07
  5. Igreja Matriz São Pedro Apostolo 23/07
  6. Trattoria del Corso 23/07
  7. Fabulosa Loja de Chocolates Caracol 23/07
  8. Mundo do Chocolate Lugano 23/07
  9. Salão Super Carros 23/07
  10. Museu do Automóvel – Hollywood Dream Cars 23/07
  11. Igreja do Relógio 24/07
  12. Snowland ou Vinícola Ravanello 24/07
  13. Pórtico Gramado Estilo Bávaro via Nova Petrópolis 24/07
  14. O Reino do Chocolate 25/07
  15. Rua Torta e Praça das Etnias – 25/07
  16. Alemanha Encantada 25/07
  17. Lago Negro 25/07
  18. Le Jardim Parque de Lavandas 25/07
  19. Mirante do Belvedere Vale do Quilombo 25/07

Nova Petrópolis

  1. Pórtico Nova Petrópolis 24/07
  2. Cervejaria Edelbrau 24/07
  3. Restaurante Lindenhof 24/07
  4. Praça das Flores 24/07
  5. Festival Internacional de Folclore 24/07
  6. Labirinto Verde 24/07
  7. Parque das Pedras do Silencio 24/07
  8. Mirante Menino Jesus de Praga 24/07

São Francisco de Paula

  1. Igreja Matriz de São Francisco de Paula 26/07
  2. Lago São Bernardo 26/07
  3. Parque das 8 Cachoeiras 26/07

 

Além dos pontos turísticos descritos no roteiro deixei mais alguns separados caso fosse necessário alguma modificação de última hora como a Aldeia do Papai Noel, Mini Mundo, GramadoZoo, Museu da Moda, Lago Joaquina Rita Bier, Museu Medieval, Castelo Saint George, Parque Play House, Museu dos Beatles, Museu dos Festivais de Cinema, A Mina, Rótula das Bandeiras, Praça das Comunicações, Casa do Colono, Budega’s Queijos e Vinhos e Rua Coberta. Infelizmente tivemos 3 dias de chuva o que atrapalhou em parte o roteiro mas ainda assim conseguimos nos divertir muito, se não tivesse chovido tanto com certeza sobraria tempo para incluir mais alguns desses.

 

1º dia – Canela

Canela com sua beleza natural e seus parques, é um charme, nota-se que cada detalhe foi feito para encantar os turistas. Vale a pena registrar cada detalhe.

 

Alambique Flor do Vale

Endereço: Rodovia Arnal Opptiz/ Estrada São João nº 2830, Canela, RS.  Telefone: (54) 3282-6954.

Horário: Parque de terça a domingo das 09:00 as 17:00 h e o Restaurante de quarta a domingo das 11:00 as 16:00 h.

O Alambique Flor do Vale está a 7 km do centro de Canela, para chegar ao local passamos por uma estrada de terra em boas condições. Trata-se de uma propriedade particular onde paga-se R$ 15,00 que da direito a visita auto-guiada ao alambique, as trilhas em meio da natureza com flores, árvores e muitas borboletas (muitas mesmo, horas pareciam nuvens em nossa frente durante quase toda trilha) e a atração principal que é um belo riacho que gera três cachoeiras fantásticas com 16, 18 e 22 metros. Com certeza uma perfeição, não há palavras para descrever tanta beleza. Necessário no mínimo 1:30 h para curtir o passeio.

 

Estação Verde

Endereço: Rua Arnaldo Opptiz, Estrada São João 601, Canela, RS. Telefones: (54) 3278-1104 e (54) 99990-1909.

Horário: Todos os dias das 09:00 as 19:00 h.

Trata-se de um Resort a 2 km do centro de Canela no mesmo caminho para o Alambique Flor do Vale, porém ainda na estrada de asfalto. A Estação Verde é aberta para que não hospedes pratiquem suas atividades. Dentre elas tem uma mini fazendinha que pode ser visitada gratuitamente e atividades pagas como Abismo radical, Paintball, Passeio a cavalo, Passeio de pônei, Passeio de charrete, Quadriciclo, Rapel, visita a cachoeira e Tirolesa Superman. O Valor das atividades variam entre R$ 15,00 a R$ 100,00 por pessoa. Visitamos apenas a mini fazendinha devido à falta de tempo, gastamos aproximadamente 30 min.

 

Catedral de Pedra

Endereço: Praça da Matriz 69, Canela, RS. Telefone: (54) 3282-1132.

A Catedral Nossa Senhora de Lourdes, mais conhecida como Catedral de Pedra, foi fundada em 1937, linda e grandiosa construção localizada no centro da cidade de Canela, é vista e admirada de longe. Quando fomos estava nublado, então voltamos no dia seguinte para tirar mais fotos com o céu azul.

 

Dalmmer Restaurante e Petiscaria

Endereço: Av. Osvaldo Aranha 151, Centro, Canela, RS. Telefone: (54) 3282-6177.

Horário: Todos os dias das 11:30 as 15:00 h.

Restaurante simples com comida boa no centro de Canela, tem opção por quilo R$ 49,90 ou valor único por pessoa era R$ 20,00. Recomendo.

 

Bondinhos Aéreos Parques da Serra

Estrada da Ferradura 699, Caracol, Canela, RS. Telefones: (54) 9205-9810 e (54) 9206-1225

Horário: Todos os dias das 09:00 as 17:00 h.

Não há como descrever a beleza da cascata do Caracol vista deste angulo e a emoção de andar no bondinho sobre as árvores. A entrada do parque e o ingresso do bondinho custam R$ 42,00 adulto e R$ 21,00 criança.

O Bondinho faz 3 paradas, a primeira na Estação animal, onde há diversas esculturas em madeira que produzem sons como se fossem reais, a segunda na Estação Cascata onde admiramos de perto a Cascata do Caracol, melhor angulo para fotos e por ultimo a Estação Central final do passeio onde há loja de produtos coloniais como vinhos e queijos e souvenir. Necessário no mínimo 1:30 h para visita-lo.

 

Adega Tradição

Endereço: RS 466, Estrada Parque dos Pinheiros 4897, Canela, RS. Telefone: (54) 99696-3985.

Horário: Todos os dias das 09:00 as 18:30 h.

Vende grande variedade de vinhos, queijos, salames, copas, chimarrão e acessórios, suco de uva e doces. Há degustação gratuita. Funcionários simpáticos. Vale a pena a parada para comprar queijos e vinho para consumi-los à noite no hotel, ótima opção para uma noite mais tranquila ou romântica.

 

Feira de Inverno de Canela

Endereço: Centro de Feiras, Rua Danton Correa da Silva 400, Canela, RS.

Horário: Mês de julho de sexta a domingo das 11:00 as 22:30 h e segunda a quinta das 11:00 as 21:00 h.

Nela há diversos stands de malhas, meias, toucas, luvas, tapetes, queijos, vinhos, doces, chocolates, pães, massas, crepes, cachorro quente, pizza e outros. Ótimo local para comer guloseimas à noite.

 

2º dia – Canela

 

Parque da Ferradura

Endereço:  Estrada do Caracol Km 16, a 13 km do centro de Canela. Telefone: (54) 9625-7741. Email: recepcao@lajedepedra.com.br.

Horário: Todos os dias das 09:00 as 17:00 h.

Para chegar ao parque passamos por um trecho de estrada de terra em bom estado. O valor da entrada é R$ 12,00 adultos e R$ 6,00 crianças, nele há três mirantes de fácil acesso com vista  para o cânion de 420 metros de profundidade contornado pelo rio Caí, 4 trilhas, um parquinho, um restaurante e uma lanchonete. Para visitar apenas os mirantes necessário aproximadamente 1 h, para fazer as trilhas acredito que umas 4 h ou mais.

Os mirantes:

Mirante Vale da Ferradura  – é o principal mirante do Parque, o acesso para esse mirante é através de uma pequena trilha de aproximadamente 3 minutos. Não há como não se encantar com beleza da paisagem do Vale da Ferradura. Lindo espetáculo da natureza.

Mirante do Vale do Arroio Caçador – para chegar a esse mirante, descemos uma trilha de aproximadamente 5 minutos.

Mirante da Cascata do Arroio Caçador  – o acesso é por uma escada, próximo ao Mirante da Cascata do Arroio Caçador, aproximadamente 7 minutos. Nele apreciamos a vista da Cascata do Arroio Caçador.

As trilhas:

Todas as informações abaixo obtive no próprio parque, não as fizemos, tinha muita lama devido as chuvas nos dias anteriores.

Trilha do Pórtico – inicia-se a 750 metros e termina a 550 metros de altura. Nela chega-se a trilha do Rio Caí.

Trilha das Pinguelas – Entre 700 e 750 metros de altura, a trilha é voltada para a vista do Parque Vale da Ferradura.

Trilha do Rio Cai – é a principal trilha do Parque Vale da Ferradura, iniciando a 750 metros e terminando a 400 metros de altura, diferença de 350 metros de altitude. É a trilha com maior nível de dificuldade devido o declive do terreno. Para completa-la serão necessários 60 minutos para descer e 2 horas para subir. Ela pode ser dividida em quatro trechos não havendo necessidade de completa-la. No primeiro há dois mirantes, a 700 metros de altura de onde se vê a cascata do arroio Caçador. O segundo vai de 700 a 550 metros de altura. O terceiro tem inicio a 550 e termina a 450 metros de altura, no leito do arroio Caçador acima da queda d’água, ponto onde as trilhas do Rio Caí e do Pórtico se encontram. O quarto vai de 450 a 400 metros altura, ele termina no pé da cascata do arroio Caçador e às margens do Rio Caí. É a parte de maior declive.

Trilha das Cutias – é uma trilha leve, onde se pode apreciar a paisagem de cactos e bromélias que ficam nas áreas rochosas.

 

Parque dos Paredões

Endereço: Estrada Do Esteinho 101, Caracol, Canela, RS. Telefone: (54) 9928-0352.

Horário: Todos dias das 09:00 às 18:00 h.

O valor do ingressos adultos é R$ 8,00 e criança de 6 a 11 anos R$ 4,00.

Fica próximo ao Parque da Ferradura, também passamos por estrada de terra em bom estado. Local com uma vista maravilhosa do canyon de aproximada mente 400 m de profundidade. É um parque pouco conhecido por este motivo consegue se manter quase intacto a ação do homem.

Conta com três mirantes, uma construção antiga, duas trilhas e banheiro.

O parque quase não possui infraestrutura, porém o visual dos canyons vale a visita. É necessário no minimo 1 hora para o passeio.

 

Parque do Caracol

Endereço: RS 466, km 0, Canela, RS. Telefones: (54)3278-3035 e (54)3282-2200. Email: parquedocaracol@canela.rs.gov.br.

Horário: Todos os dias das 09:00 às 17:30 h.

É o parque mais famoso de Canela, sua paisagem é o principal cartão postal da cidade. É de fácil visitação e conta com placas indicativas. O valor da entrada é R$ 18,00 adulto e R$ 9,00 criança. Necessário no mínimo 1:00 h para visita-lo.

Lindo parque arborizado, nele há restaurante, lanchonete, várias lojinhas de souvenir, queijos, vinhos, toucas, cachecol, doces, chocolates, banheiros, parquinho para crianças, a cascata do caracol, um mirante, um observatório (cobrado a parte), a estação sonho vivo (trenzinho cobrado a parte), a escada da perna bamba (estava fechada quando fomos, uma pena…).

O maior atrativo é a cascata do caracol, a vista da cascata pode ser apreciada através do mirante ou pelo observatório. Quando fomos o parque do caracol já tínhamos visto a cascata do mirante do bondinho aéreo, mas vale a pena visita-la dos dois lados, os dois ângulos são incríveis e de beleza inigualável.

 

 

3º dia – Canela

 

Parque da Cachoeira

Endereço: RS 476 Km 10 (Estrada Canela sentido Bom Jesus), Bairro Passo do Inferno, Canela, RS. Telefones: (54) 3504-1446, (54) 99689-3250 (54) 99166-0071. Email: parquedacachoeira@hotmail.com.

Horário: Todos os dias das 08:00 às 17:00 h.

O trajeto em estrada de terra é grande, porém esta em ótimas condições. Trata-se de um parque, pousada e área de camping. O valor da entrada day use é R$ 20,00 adulto, R$ 15,00 criança de 7 a 11 anos e isento de 0 a 6 anos.

Algumas atividades cobradas a parte: Super cabo aéreo (Gaiola + Tirolesa), Pêndulo (salto da ponte), Rapel da Gaiola 50 m, Rapel da Cachoeira 35 m, os valores variam de R$ 30,00 a R$ 280,00. Para todas elas é necessário agendamento por email com antecedência.

Fomos no inverno e não tínhamos intensão de entrar na água ou fazer as atividades a parte então foi possível ver a cachoeira da ponte de madeira bem velha que passa em frente ao parque sem necessidade de entrar. Gostamos do passeio mesmo sendo mais distante valeu a pena. Paramos no caminho para tirar fotos do cânion. Não há restaurante no Parque.

 

Parque Terra Mágica Florybal

Endereço: RS 466, Estrada do Caracol 1630, Canela, RS. Telefone: (54) 3282-5050.

Horário: Todos os dia das 09:00 às 17:30 h.

O valor do ingresso é R$ 70,00 adulto, R$ 35,00 crianças de 4 a 12 anos e melhor idade, dá direito as quase todas atrações exceto o Parquinho Up, Cinema 7D, Voo do Pterodáctilo e Velociráptor que são cobradas a parte. No parque há um restaurante e uma lanchonete.

Atrações: Pórtico de entrada, território dos dinossauros, gigante semeador, mini fazenda de cacau, reino animal, floresta mágica, guardião da floresta, espaço da fé, homens de pedra, primatas, mitologia grega, aldeia dos índios, dino móvel, mina dos duendes, mina preciosa, django gan, simulador de montanha russa, lago das deusas, castelo medieval, mini fabrica de chocolates, tirolesa, pântano dos sapos, trilha pé na terra, caverna dos dentuços, caminho do mistério, casa das fadas, teatro de palco, casa do mago, teatro de fantoches, show dos personagens.

Infelizmente não entramos pois acredito ser uma atração para o dia todo, para quem como nós não tiver tempo de visita-la, como é praticamente ao lado do Vale dos Dinossauros, vale a pena ao menos parar na frente para tirar uma foto da entrada que é bonita. Se não tivéssemos ido no Parque da Cachoeira nem no Vale dos Dinossauros, teríamos metade de um dia para curtir a Terra Mágica Florybal, deixaremos para a próxima viagem a Canela.

 

Parque Vale dos Dinossauros

Endereço: Rodovia RS 466, Estrada do Caracol 1600, Canela, RS. Telefone: (54) 9603-3363.

Horário: Todos os dias das 09:00 às 18:00 h.

No parque há replicas de dinossauros grandes e animados que se movimentam e fazem sons semelhantes aos seres que habitaram nosso planeta há milhões de anos atrás, nele conhecemos um pouco sore algumas espécies descobrindo como viviam e do que se alimentavam. O valor do ingresso é R$ 60,00 adulto e R$ 30,00 criança, nós fechamos um combo com 5 ingressos Dreamland Museu de Cera, Salão Super Carros, Museu do Automóvel – Hollywood Dream, Harley Motor Show e Parque Vale dos Dinossauros por R$ 120,00 no site Compra de Ingressos https://compradeingressos.com.br/gramado/parque-vale-dos-dinossauros.

Já havíamos visitado o Parque dos Dinossauros em Foz do Iguaçu, mas meu filho insistiu para que fossemos neste também. O parque é bem pequeno, é possível visita-lo em 1 h. No parque há lanchonete, loja de souvenir e banheiro.

 

Churrascaria Garfo e Bombacha

Endereço: RS 466, km 2, Caracol, Canela, RS. Telefone: (54) 3278-3077.

Horário: Todos os dias das 11:0 às 15:00 e das 20:00 às 23:30 h.

Quem vai para o Rio Grande do Sul não pode deixar de comer churrasco e tomar chimarrão e uma boa opção para isso é a churrascaria Garfo e Bombacha. Trabalham com 3 opções todos os dias Noite Gaúcha Jantar com Show R$ 190,00, Almoço Gaúcho com show aos finais de semana R$ 120,00 e Almoço Gaúcho sem show durante os dias da semana R$ 100,00. Todos eles incluem self service  com buffet de pratos quentes, saladas, costelão na vala, churrasco e sobremesa. Nas opções com show, a tradição gaúcha é interpretada com músicas e vestimentas típicas e um show folclórico de ritmos latino-americanos ao vivo. Infelizmente não assistimos ao show, mas com certeza está na lista de atrativos a serem visitados na próxima vez.

 

Mundo Gelado do Capitão

Endereço: Rodovia RS 466, 3915, Caracol, Canela, RS. Telefone: (54) 3278-3085.

Horário: Todos os dias das 09:00 às 18:00 h.

Na entrada o ingresso é vendido por R$ 30,00, compramos pelo site do peixe urbano por R$ 24,90 adulto e R$ 9,90 a criança. Site: https://www.peixeurbano.com.br/caxias-do-sul/parque-mundo-gelado/parque-mundo-gelado-ingresso. Na entrada é oferecido o passaporte para exposição Hot Minis (miniatura de carros) e a Mina (pedras preciosas) por mais R$ 5,00.

O passeio inclui um espaço temático gelado a aproximadamente -20 graus com temas infantis, uma loja de souvenires onde compramos lembrancinhas relacionadas ao frio da caverna, uma área para tirar uma linda foto profissional de recordação e uma lanchonete para esquentar tomando um café ou um chocolate quente, após sairmos da parte gelada há uma exposição de miniaturas de aviões e navios.

Antes de entrarmos na caverna, recebemos um casaco próprio para aguentar o frio, importante estar de calça comprida e sapato fechado, porque o frio é muito grande. Até hoje só de pensar já sinto o frio…rsrsrs. Sentimos como se estivéssemos num iglu. Para pessoas com problemas respiratórios, melhor pensar muito bem antes de se aventurar.

Dentro da caverna de gelo há várias esculturas como cama, sofá, cadeira, mesa, cama,  réplica do Cristo Redentor, Torre Eiffel, Esfinges Egípcias, um pré-histórico mamute, aquele esquilo que tenta a todo custo comer a sua noz no filme Era do Gelo, a Elsa e seu amigo Olafe e um bar todo de gelo onde até os copos.